Serotonina: conheça o hormônio da felicidade

Revisão clínica: Dr. Fernando Pereira

Revisado:

A serotonina é um neurotransmissor conhecido por estar associado a um melhor humor e bem-estar geral, que regula as funções cerebrais do corpo humano, além de atuar no sistema digestivo e nas plaquetas do sangue.

Em outras palavras, é tudo aquilo que inclui o humor, recompensa, apetite, memória, sexualidade, atenção, entre outros. Aliás, sabe aquele sentimento que liberamos quando fazemos algo prazeroso que traz uma sensação de felicidade? Pois é, ela é apresentada nos picos da serotonina.

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

Porém, quando ela se apresenta de forma inadequada no corpo, pode ocasionar dificuldade para dormir, mau-humor, ansiedade e até depressão. Por isso, é importante saber a importância dessa substância no corpo e cuidar para que uma qualidade de vida seja mantida.

Apesar de suas áreas completas de atuação ainda estarem sendo pesquisadas pela neurociência, já se afirma que ela está ligada aos processos comportamentais e neuropsicológicos do ser humano.

Para que serve a serotonina?

Conhecida por ser um dos “hormônios da felicidade”, essa substância está relacionada ao emocional, mas não é apenas importante nesse aspecto. Isso porque ela regula uma ampla gama de processos fisiológicos e patofisiológicos nos órgãos humanos.

Ao todo, as principais funções da serotonina, quando equilibrada, são:

Regular o humor

Esta molécula atua no cérebro regulando o humor, ansiedade e felicidade. Por isso, os baixos níveis podem levar à depressão, além das crises de ansiedade.

— PUBLICIDADE —

Função sexual

A serotonina ajuda a regular a função sexual. O desejo e o prazer sexual e a capacidade de orgasmo estão relacionados ao nível normal de serotonina no corpo. Quando os níveis de serotonina estão muito baixos acontece o aumento da líbido, enquanto altos índices se associam à redução da mesma.

— PUBLICIDADE —

Manter a saúde óssea

Isso porque, quando os níveis de serotonina estão muito altos, pode enfraquecer os ossos, aumentando os ricos de desenvolver uma osteoporose, por exemplo.

Regular o sono

Ela atua em regiões no cérebro que controlam o sono e o despertar. Quando baixa, o neurotransmissor contribui para o aumento da propensão ao sono.

Atuar nos movimentos do intestino

Principalmente encontrada no estômago, a substância ajuda no controle da função e dos movimentos do intestino. 

Estimular náuseas

A serotonina é um dos motivos que ocasiona as náuseas, a fim de expulsar rapidamente alimentos nocivos ao corpo. Além disso, ela estimula a parte do cérebro que controla o sentimento de enjoo.

Sinais que indicam que a serotonina está baixa

Agora que já sabemos quais as funções da serotonina no corpo humano e a importância da mesma, é preciso se atentar aos sinais que mostram que ela está baixa, que são:

  • sonolência;
  • irritabilidade;
  • alteração do desejo sexual;
  • dificuldades de concentração;
  • ansiedade;
  • mau funcionamento do intestino;
  • enxaqueca;
  • alterações no humor.

Como aumentá-la

Ao suspeitar que está com os níveis de serotonina baixos, é necessário ir ao médico primeiro para averiguar como está sua saúde, pois, em casos em que o baixo nível tenha grande impacto na vida da pessoa, como ansiedade ou depressão, pode ser receitado remédios pelo profissional.

— PUBLICIDADE —

Em outros, há como aumentar a concentração de forma natural. Praticar exercícios físicos, ter momentos de lazer, socializar, abraçar, meditar, tomar sol, ouvir música e cuidar da alimentação são formas eficazes de garantir o bom humor, por exemplo.

A alimentação precisa ser rica em triptofano, presente em: queijo, frango, peru, ovos e salmão; banana, abacate e abacaxi; couve-flor, brócoli, batata, beterraba e ervilhas; nozes, amendoim, caju e castanha do Brasil; soja e derivados; cacau.

— PUBLICIDADE —

E também se pode aumentar a ingestão de alimentos com alto índices em magnésio e cálcio, como queijo, frutas secas, espinafres e feijão.

1. Serotonin 5-HT4 Receptor Agonists. PubMed. Published 2012. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK548948/

2. Lavoie B, Lian JB, Mawe GM. Regulation of Bone Metabolism by Serotonin. Springer Link. Published 2017. Accessed September 3, 2022. https://link.springer.com/chapter/10.1007%2F978-3-319-66653-2_3

3. Monti JM. Serotonin control of sleep-wake behavior. Sleep Medicine Reviews. 2011;15(4):269-281. doi:10.1016/j.smrv.2010.11.003

4. Young SN. How to increase serotonin in the human brain without drugs. Journal of psychiatry & neuroscience : JPN. 2007;32(6):394-399. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2077351/

Isso foi útil?
SimNão

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

APRENDA MAIS

Quem SomosContatoMissãoPrivacidadeTermos
Siga-nos: PinterestInstagramFacebookTwitter
© 2022 - Fale Saúde

Aviso médico: as informações fornecidas neste site visam melhorar, não substituir, a relação direta entre o paciente e os profissionais de saúde.