Fale Saúde » Terapias complementares » Óleo de melaleuca

Óleo de melaleuca: aprenda a usar

Revisão clínica: Enf.ª Fabiana Rosa

Publicado:

O óleo de melaleuca (tea tree) é um óleo essencial obtido por destilação a vapor das folhas e ramos da planta Melaleuca alternifolia.

Notavelmente, o óleo de melaleuca demonstrou ser eficaz em uma variedade de infecções, e desempenha um papel importante no tratamento de doenças inflamatórias e imunes.

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

Além disso, é antioxidante, antifúngico e antibacteriano.

Para que serve o óleo de melaleuca

O óleo de melaleuca tem vários usos, com benefícios para a saúde comprovados por vários estudos científicos atuais.

Além disso, ele é um óleo barato e seguro quando usado da forma correta.

Veja neste artigo 12 usos para o óleo de melaleuca.

1. Acne

Estudos mostram que o óleo de melaleuca a 5% é tão eficaz contra a acne quanto o remédio de farmácia peróxido de benzoíla a 5%

— PUBLICIDADE —

Modo de usar: passe uma gota de óleo de melaleuca (tea-tree) nas manchas de acne 3 vezes por dia para acelerar a cura.

— PUBLICIDADE —

2. Aftas

As aftas, também chamadas de estomatite aftosa pelos médicos, surgem na bochecha, lábios, gengivas ou língua. Geralmente estão relacionadas com desregulação do sistema imune.

Modo de usar: pingue um gota de óleo de melaleuca diretamente sobre a ferida. Atenção: o óleo de melaleuca não deve ser engolido (deglutido).

3. Caspa

Pessoas que têm os cabelos oleosos são mais propensas à caspa. Na maioria das vezes a caspa é causada por um fungo chamado Pityrosporum orbiculare.

Modo de usar: coloque algumas gotas de óleo de melaleuca no xampu. Outra maneira é diluir um pouco de óleo de melaleuca em azeite de oliva e aplicar no couro cabeludo, deixando de um dia para o outro.

4. Cortes e machucados

Cortes e machucados são suscetíveis à infecção por bactérias, por isso é importante limpar os ferimentos com um antisséptico. O óleo de melaleuca tem se mostrado como um poderoso antisséptico.

Modo de usar: dilua 1 colher de chá de óleo de melaleuca em 1 xícara de água morna, em seguida usa a solução para limpar os cortes e machucados.

— PUBLICIDADE —

5. Micose inguinal

Geralmente a micose inguinal é causada por um fungo chamado tinea cruris. O sintoma costuma ser coceira desagradável que pode afetar tanto homens como mulheres.

Modo de usar: passe uma fina camada do óleo de melaleuca na pele 3 vezes ao dia. Continue passando por mais 2 semanas mesmo que a micose já tenha desaparecido. Atenção: pele sensível pode precisar diluir o óleo para não causar irritação.

— PUBLICIDADE —

6. Herpes oral

Herpes oral geralmente é causado pelo vírus herpes simples tipo I. Surge como vesículas dolorosas em lábios, boca e garganta. Os sintomas costumas desaparecer em 1 semana.

Modo de usar: misture em um recipiente 1 colher de chá de óleo de melaleuca e 1 colher de chá de azeite de oliva, e aplique nas lesões de herpes 2 a 3 vezes por dia. Nunca ingira o óleo de melaleuca.

7. Micose nas unhas

Uma unha afetada por fungos se torna grossa, sem cor e quebradiça. Quando isso acontece, é preciso da ajuda de um antisséptico para eliminar os fungos da unha, e obter a boa forma novamente.

Modo de usar: aplique 2 gotas de óleo de melaleuca sobre a unha com micose, 2 vezes por dia. Obtém-se melhor resultado deixando a unha amolecer na água um pouco antes da aplicação.

8. Odor corporal

O suor que ajuda a refrescar o corpo também é fonte de alimento para muitas bactérias, que acabam eliminado um odor muito forte. Uma forma de combater essas bactérias que deixam o suor com cheiro ruim é usando o óleo de melaleuca.

— PUBLICIDADE —

Modo de usar: aplique sobre a pele 1 ou 2 gostas do óleo. Mas atenção: se a pele for sensíveis, dilua o óleo de melaleuca antes de usar, pois pode causar irritação.

9. Pé-de-atleta

O principal sintoma de pé-de-atleta é a coceira, quando o fungo ataca entre os dedos. Também pode atingir unhas, pele e pelos. A umidade nos pés é o que cria condições para a invasão do fungos.

Modo de usar: misture 1 colher de chá de óleo de melaleuca com 1 colher de chá de azeite de oliva e aplique sobre o local atingido, 2 vezes por dia.

— PUBLICIDADE —

10. Picadas de insetos

As picadas de insetos fazem com que o corpo libere substâncias que provoquem coceira e inchaço. O óleo de melaleuca pode ajudar a diminuir o inchaço.

Modo de usar: aplique 1 gota sobre a picada, 3 a 4 vezes por dia.

11. Candidíase vaginal

O fungo Candida albicans é o principal causador da candidíase vaginal, um infecção que causa coceira, vermelhidão e corrimento vaginal.

O óleo de melaleuca pode ser usado para combater a candidíase, pois possui ação anti-inflamatória e antifúngica.

— PUBLICIDADE —

Modo de usar: dilua 2 gotas de óleo de melaleuca em 100 ml de água. Em seguida faça 20 minutos de banho de assento 1 vez ao dia, por 5 dias.

12. Piolhos

Piolhos são insetos conhecidos como Pediculus humanus capitis, que vivem no couro cabeludo e se alimentam de sangue.

Modo de usar: faça uma mistura com 20 gotas de óleo de melaleuca com 4 colheres de sopa de azeite de oliva. Esfregue a mistura nos cabelos secos, cubra com um touca plástica e deixe agir por 1 hora. Passado esse tempo, lave os cabelos com xampu.

1. Pazyar N, Yaghoobi R, Bagherani N, Kazerouni A. A review of applications of tea tree oil in dermatology. International Journal of Dermatology. 2012;52(7):784-790. doi:10.1111/j.1365-4632.2012.05654.x

2. Tea Tree Oil. NCCIH. https://www.nccih.nih.gov/health/tea-tree-oil

3. 1801 Home Remedies : Trustworthy Treatments for Everyday Health Problems. Readers Digest Association; 2007.

Isso foi útil?
SimNão

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

APRENDA MAIS

Quem SomosContatoMissãoPrivacidadeTermos
Siga-nos: PinterestInstagramFacebookTwitter
© 2022 - Fale Saúde

Aviso médico: as informações fornecidas neste site visam melhorar, não substituir, a relação direta entre o paciente e os profissionais de saúde.