IMC: o que é, calculadora e tabela de resultados

Autor(a): Dr. Fernando Pereira

Revisado:

IMC significa Índice de Massa Corporal e é um parâmetro utilizado para saber se uma pessoa está no peso ideal. Ele é o primeiro passo para determinar o grau de sobrepeso, e classifica os biotipos em quatro categorias: abaixo do peso, peso normal, acima do peso (sobrepeso) e obesidade (grau I, II e III). 

Há muitas maneiras de medir a gordura corporal. No entanto, o mais simples é calculando seu Índice de Massa Corporal (IMC). O IMC mede a relação entre seu peso e altura para calcular a quantidade de gordura corporal que você tem. Quanto maior o seu IMC, maior a quantidade de gordura em seu corpo.

— PUBLICIDADE —

Calculadora de IMC 

Você está com peso saudável? Use nossa ferramenta para calcular seu Índice de Massa Corporal (IMC) agora e saber o risco de doenças relacionadas à obesidade.

IMC

Calcule seu IMC

O índice de massa corporal é calculado dividindo o peso de uma pessoa (em kg) pelo quadrado da sua altura (em metros). Veja como é o cálculo na fórmula do IMC abaixo:

imc fórmula

Exemplo de IMC cálculo:

Peso = 65 kg, Altura = 1,72 m
Resultado: 65 ÷ (1,72×1,72) = 22 

Para facilitar, você pode usar nossa calculadora de IMC online para saber se está dentro do peso ideal.

— PUBLICIDADE —

Tabela de resultados 

Para adultos com 20 anos ou mais, o IMC é interpretado utilizando categorias de peso padrão. Essas categorias são as mesmas para homens e mulheres. Confira a tabela do IMC:

tabela imc

Para determinar se o resultado do IMC é um risco à saúde, um profissional de saúde deve realizar novas avaliações. Tais avaliações incluem medidas de espessura da pele, avaliações da dieta, atividade física e histórico familiar. 

Riscos do IMC alterado

As pessoas que estão obesas têm risco aumentado para muitas doenças e condições de saúde. Veja alguns riscos da obesidade: 

  • Câncer: endométrio, mama, cólon, rim, vesícula biliar e fígado. 
  • Apneia do sono e problemas respiratórios. 
  • Baixa qualidade de vida. 
  • Colesterol ruim alto (LDL), colesterol bom baixo (HDL) e triglicérides alto. 
  • Diabetes tipo 2
  • Doença cardíaca coronariana (infarto). 
  • Doença da vesícula biliar. 
  • Depressão e ansiedade. 
  • Dores no corpo. 
  • Inflamação crônica. 
  • Osteoartrite (inflamação nas articulações / juntas). 
  • Pressão alta

Atletas, idosos e gestantes 

Nessas pessoas, o IMC apresenta falhas e, portanto, não é o método ideal para avaliação, por isso, recomenda-se associar outros métodos de medição da gordura corporal. 

Atletas: 

Os atletas podem ter um IMC elevado devido ao aumento da musculatura em vez de gordura corporal aumentada. A medição da circunferência da cintura em conjunto com o índice de massa corporal pode fornecer informações adicionais e ser uma melhor opção. 

Idosos: 

O IMC pode vir subestimado em idosos devida à perda de massa muscular associada ao envelhecimento. 

— PUBLICIDADE —

Gestantes: 

Em gestante, o IMC não contabiliza o ganho de peso por conta do bebê, trazendo um resultado falso. 

Receba nossa newsletter

Cuide de si com dicas de alimentação, saúde e muito mais!

Sucesso! Seu e-mail foi cadastrado, e agora você já pode receber novidades do Fale Saúde!

Desculpe! Um erro aconteceu.

— PUBLICIDADE —

APRENDA MAIS

Quem SomosContatoMissãoPrivacidadeTermos
Siga-nos: PinterestInstagramFacebookTwitter
© 2022 - Fale Saúde

Aviso médico: as informações fornecidas neste site visam melhorar, não substituir, a relação direta entre o paciente e os profissionais de saúde.