Fale Saúde » Sono » Como dormir rápido usando a técnica militar 

Como dormir rápido usando a técnica militar 

Há momentos em que ficamos tão cansados e estressados depois de uma rotina intensa, que a primeira coisa que desejamos é saber como dormir rápido, não é mesmo?  

No entanto, às vezes fica difícil conseguir cair no sono. Muitas podem ser as causas, variando de insônia, ansiedade e até efeito colateral de algum problema físico. Por isso, se notar que a dificuldade para adormecer se tornou constante, procure ajuda profissional.  

Caso seja algo pontual, essa técnica militar, relatada pela primeira vez em 1981 no livro “Relax and WinChampionship Performance”, promete te fazer dormir em até 120 segundos, independentemente da hora do dia ou da substância que você tenha consumido (como o café, por exemplo).  

como dormir rápido

Como dormir rápido – de onde veio a técnica? 
 

Por mais que seja antiga, essa tática se tornou popular nas redes sociais após a escritora Sharon Ackerman divulgá-la em sua conta no Medium, uma plataforma para compartilhamento de textos e artigos. Com mais de 57 mil curtidas, as pessoas se mostraram entusiasmadas com a técnica de como dormir rápido.  

Ackerman explica que a Escola Pré-Voo da Marinha dos Estados Unidos criou algumas rotinas para os pilotos que ajudam a dormir mais rápido (adormecem em 2 minutos ou menos).

- PUBLICIDADE -

Apesar deles demoraram cerca de 6 semanas para conseguir colocá-la em prática, a técnica se mostrou eficiente mesmo após consumirem cafeína e precisarem dormir rápido com ruídos de tiros ao fundo.  

Então, se nada funcionou até agora para você, não custa nada ler com calma o passo a passo e tentar, não é mesmo? 

Mas, afinal, como realizar a prática?   

1. Não se preocupe com a posição ideal, apenas aceite 

Os pilotos eram treinados para adormecer sentados em uma cadeira, sabia? Por conta disso, a técnica consiste em não ficar imaginando como seu sono seria se você estivesse em outro lugar, basta aceitar o que tem no momento. 

2. Relaxe todos os músculos do rosto 

Agora que você já aceitou a posição que está, é hora de focar no rosto. Sua testa, ou qualquer outra parte da face, não pode estar franzida. Feche os olhos e deixe tudo solto. Expire ao sentir suas bochechas, boca, língua e mandíbula relaxarem.  

Quando você relaxa o rosto e deixa as órbitas dos olhos ficarem moles, você sinaliza para o resto do seu corpo que é hora de relaxar. 

- PUBLICIDADE -

3. Faça o resto do seu corpo descansar 

Nessa etapa, deixe os seus ombros caírem o mais baixo possível, como se estivessem flutuando pelo seu corpo.  

Em seguida, permita que todos os músculos fiquem ainda mais soltos. Inspire profundamente e depois expire lentamente, eliminando, assim, toda a tensão. Depois, foque nos seus braços. Comece com seu lado dominante. Por exemplo, se você for destro, concentre-se no bíceps direito.  

Sinta-o relaxar e cair em seu corpo. Se não for relaxante, tensione primeiro e depois deixe-o se soltar. Em seguida, vá para o antebraço direito. Concentre-se em deixá-lo mole.  

Finalmente, vem sua mão e dedos. Deixe-os cair como um peso morto contra sua perna. Quando terminar com o seu lado dominante, trabalhe o processo com o outro braço. A parte superior de seu corpo deve estar bem e mole, como se estivesse afundando em você. 

4. Hora das pernas! 

A próxima parada são suas pernas. ‘Diga’ ao músculo da coxa direita para afundar, como um peso morto. Em seguida, faça a mesma coisa aos músculos da panturrilha direita. Em seguida, faça o mesmo com o tornozelo e o pé.  

- PUBLICIDADE -

Sinta os músculos afrouxarem enquanto sua perna afunda no chão. Repita o processo com a perna esquerda, falando com sua coxa, depois com a panturrilha, depois com o tornozelo e o pé.  

Ufa, agora você relaxou de verdade! Agora, há apenas mais uma coisa que você precisa fazer para transformar seu estado de relaxamento em sono profundo. Vamos lá? 

5. Não pense em nada  

Parece doideira, mas é isso mesmo! A última etapa é limpar sua mente por 10 segundos. Sem pensar no que deu errado no dia, a que horas você precisa levantar ou as pendências que tem no trabalho. Todas essas coisas envolvem movimento.  

Ou seja, apenas pensar nelas é o suficiente para fazer seus músculos se contraírem involuntariamente e não é isso que queremos. Em vez disso, você precisa manter sua mente quieta.  

Para isso, imagine que você está deitado em um sofá confortável, em uma sala totalmente escura. Mantenha essa imagem em sua mente por 10 segundos. Se dessa forma não funcionar, diga as palavras “não pense… não pense… não pense” repetidamente por pelo menos 10 segundos. Isso limpará todos os pensamentos e impedirá que seu cérebro divague.  

- PUBLICIDADE -

Quando você estiver fisicamente relaxado e sua mente estiver parada por pelo menos 10 segundos, você estará dormindo.  

Apesar de tudo, se atente a insônia  

Antes de terminar, é preciso ressaltar o problema da insônia. Como deixamos claro no início, se a dificuldade para dormir rápido for algo predominante, é preciso procurar orientação médica. 

Embora o sono seja um impulso biológico forte e regulado, a capacidade de adormecer na hora desejada e de manter o sono sem acordar excessivamente é frágil e influenciada por vários fatores, inclusive hormonal

Além disso, o controle da insônia requer uma abordagem gradual, começando com tentativas de eliminar, ou pelo menos minimizar, os fatores contribuintes e as possíveis comorbidades que interferem em seu sono ideal.

REVISADO CLINICAMENTE POR DR. FERNANDO PEREIRA
Fontes consultadas:
[1] Book: Relax and Win: Championship Performance
[1] UpToDate

- PUBLICIDADE -
+ artigos

Estudante de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, apaixonada por informar sobre saúde e qualidade de vida. Colabora com o Fale Saúde na revisão e criação de conteúdo juntamente com a equipe de médicos editores.

Médico - CRM/SP 157.767 | + artigos

Médico formado pela Santa Casa de São Paulo desde 2012, possui mais de 7 anos de experiência. Especialista em anestesiologia pela Santa Casa de S.J. Rio Preto, com Título de Especialista em Anestesiologia pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) - RQE 65.029.


APRENDA MAIS