Fale Saúde » Cirurgia e reabilitação » Cirurgia bariátrica

Cirurgia bariátrica: o que é, tipos e valor

Revisão clínica: Dra. Carina Fernandes

Revisado:

O que é?

A Cirurgia Bariátrica e Metabólica é um procedimento minimamente invasivo sobre o tubo digestivo, visando a perda de peso e/ou a correção do distúrbio metabólico.

Para quem é indicada a cirurgia bariátrica

As indicações são de acordo com o IMC (índice de massa corporal)
• IMC maior ou igual a 40
• IMC maior ou igual a 35 associado a comorbidades (diabetes, hipertensão, problemas em joelho e coluna, apneia do sono, asma entre outros)
• IMC maior que 30 associado a diabetes tipo 2 de difícil controle

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

A Cirurgia bariátrica é realizada por videolaparoscopia ou até mesmo via robótica. Assim, existe uma diminuição acentuada no desconforto relacionado à cirurgia, redução do tempo de internação hospitalar e retorno mais rápido às suas atividades diárias.

Benefícios

A Cirurgia Bariátrica atualmente é o método de escolha para o tratamento da Obesidade Mórbida ou Obesidade Moderada associado a comorbidades.

De fato, os estudos médicos mostram que esse tipo de cirurgia tem ótimos resultados no controle de uma doença tão complexa, que é a obesidade.

Além disso, atua na redução do peso e melhor as doenças associadas, e ainda, aumenta a expectativa e qualidade de vida nos pacientes a longo prazo.

Tipos de cirurgia bariátrica

Banda Gástrica

Atualmente a banda Gástrica representa menos de 1% dos procedimentos realizados no Brasil e praticamente já se encontra em desuso.

— PUBLICIDADE —

Um anel de silicone inflável e ajustável é colocado via cirurgia ao redor do estômago, diminuindo assim sua capacidade de armazenamento dos alimentos. É uma cirurgia puramente restritiva e a presença do anel pode trazer complicações como sua migração, estenoses e etc.

— PUBLICIDADE —

Técnica Bypass Gástrico

A Cirurgia do Bypass Gástrico em Y de Roux, também chamada de Fobi-Capella, é uma técnica cirúrgica do tipo mista. São três tipos de mecanismos de ação envolvidos: um estômago menor, o desvio intestinal e as alterações hormonais e metabólicas que acompanham o procedimento.

Essa Técnica tem mais de 30 anos de história e ainda é a mais comum utilizada no Brasil. Suas principais indicações são para os pacientes portadores de doenças metabólicas (como diabetes do tipo 2 e hipertensão arterial), doença do refluxo e IMC mais altos. Calcule aqui seu IMC.

bypass gástrico
Técnica Bypass Gástrico

Técnica Sleeve Gástrico ou Gastrectomia Vertical

A Gastrectomia Vertical é uma técnica mais recente comparada ao Bypass Gástrico e ocupa cerca de 30% dos casos no Brasil.

Neste procedimento, cerca de 80% do estômago é retirado sem que haja o desvio intestinal. Como o próprio nome diz, é realizado um corte na vertical com o auxílio de grampeadores que facilitam o processo.

Assim, o paciente irá ingerir uma menor quantidade de alimento durante suas refeições com mais saciedade. Como os alimentos continuam passando pela porção chamada de duodeno, as alterações de vitamina são menores, mas ainda é importante uma reposição por pelo menos 2 anos.

Os principais candidatos ao Sleeve são os adolescentes e idosos, pacientes com obesidade moderada associada a alterações ortopédicas e até portadores de doenças crônicas como anemias, HIV, insuficiência renal e etc.

— PUBLICIDADE —

sleeve gástrico gastrectomia vertical
Técnica Sleeve Gástrico ou Gastrectomia Vertical

Técnicas Desabsortivas ( Duodenal Swicth e Scopinaro)

As Cirurgias desabsortivas são aquelas que atuam principalmente nas alterações de absorção dos alimentos. Elas causam um grande desvio intestinal e muda pouco o tamanho da reserva do estômago. São cirurgias complexas e pouco realizadas em nosso meio.

Seu mecanismo de ação atua reduzindo o tempo do alimento no trânsito intestinal diminuindo assim a absorção do mesmo, levando ao emagrecimento.

— PUBLICIDADE —

O ponto chave é que o paciente deve estar ciente da importância do acompanhamento médico e reposição das vitaminas, proteínas e minerais para evitar complicações como a desnutrição, por exemplo.

Riscos da cirurgia bariátrica

Por conta da técnica minimamente invasiva da Videolaparoscopia, maior especialização da equipe médica, hospitalar e também materiais voltados ao cuidado do paciente obeso, os riscos da Cirurgia Bariátrica são pequenos. As últimas séries de estudos mostram um risco de cerca de 0,12%, compatível com outras cirurgias seguras.

Tempo de Recuperação

O tempo de internação hospitalar costuma ser de 24-36 horas com pouco desconforto e boa recuperação, com medicação analgésica somente se necessário. A volta as atividades diárias de trabalho em cerca de 10 dias, ainda com a progressão da dieta e acompanhamento multidisciplinar.

Preço da cirurgia bariátrica

Os valores da cirurgia particular irão depender de diversos fatores, como o hospital escolhido e equipe médica. A Bariátrica é um procedimento constante no rol da ANS de eventos em saúde com cobertura obrigatória para os convênios médicos. Minha dica é escolher uma equipe médica qualificada e experiente e um hospital que ofereça tecnologia, suporte e cuidados para um tratamento de excelência.

1. Sherwood, Lauralee (2004) Human Physiology – From Cells to Systems (International Student Edition, 5th ed) p604 Books/Cole – Thomson Learning ISBN 0-534-39536-8

— PUBLICIDADE —

2. Wittgrove AC, Clark GW. Laparoscopic gastric bypass, Roux-en-Y- 500 patients: technique and results, with 3-60 month follow-up. Obesity surgery. 2000;10(3):233-239. doi:10.1381/096089200321643511

3. Brethauer SA, Hammel JP, Schauer PR. Systematic review of sleeve gastrectomy as staging and primary bariatric procedure. Surgery for Obesity and Related Diseases: Official Journal of the American Society for Bariatric Surgery. 2009;5(4):469-475. doi:10.1016/j.soard.2009.05.011

4. Kang JH, Le QA. Effectiveness of bariatric surgical procedures. Medicine. 2017;96(46):e8632. doi:10.1097/md.0000000000008632‌

Isso foi útil?
SimNão

— PUBLICIDADE —

— PUBLICIDADE —

APRENDA MAIS

Quem SomosContatoMissãoPrivacidadeTermos
Siga-nos: PinterestInstagramFacebookTwitter
© 2022 - Fale Saúde

Aviso médico: as informações fornecidas neste site visam melhorar, não substituir, a relação direta entre o paciente e os profissionais de saúde.